A empresa

Lanchas para quem não é um milionário

Lazer garantido, contato com a natureza ou simplesmente status. Seja qual for o motivo, barcos de todo tipo certamente ocupam lugar de destaque na lista de sonhos de consumo dos brasileiros. E se engana quem pensa que comprar uma embarcação ainda é coisa de milionário. Prova disso são os cerca de 140 barcos que custam menos de 100.000 reais expostos em feiras de náutica em todo o Brasil.

A classe média vem entrando com força no mercado náutico, não só pelos preços mais acessíveis como também pelas atuais possibilidades de financiamento, em até 60 vezes. Para quem não almeja ser um atleta da vela ou do Jet Ski, as lanchas são opções bastante interessantes, que combinam passeio, pesca e prática esportiva. Hoje em dia já é possível comprar uma lancha na faixa de 16 pés (4,8 metros) por menos de 40.000 reais. Só na mostra náutica deste ano, são 18 modelos na faixa até 100.000 reais. O mais em conta chega a custar, com o motor, 32.000 reais, o preço de um carro popular.

Veja a seguir alguns modelos de lanchas mais baratas expostas no São Paulo Boat Show e publicados pela Revista Exame:

Coral 16, para iniciantes:

Uma lancha para quem está começando a navegar, ideal para águas abrigadas. Assim pode ser descrita o modelo Coral 16, o mais em conta exposto na São Paulo Boat Show 2010. A versão básica com um motor Mercury 60hp custa cerca de 32.000 reais, mas a potência do motor pode variar entre 40 e 90hp, de acordo com a preferência do navegador.

Com bancos acolchoados, divã e pia, o modelo tem capacidade para cinco pessoas, 16 pés de comprimento por 1,9 metro de largura e 350 quilos. Como todos os modelos do estaleiro carioca Coral, não possui madeira na sua estrutura, o que a torna mais leve e econômica.

Focker 160, básica e popular:

O modelo mais em conta do estaleiro é o Focker 160, de apenas 16 pés de comprimento por 1,77 metro de largura e 350 quilos. O preço, já com motor de 60hp, fica na faixa dos 38.000 reais. Esse já é um modelo antigo, fabricado desde 2002, mas muito popular, segundo o fabricante. A lancha é básica, com poucos itens de série, como os compartimentos para bagagem e esqui. A velocidade máxima também é modesta: 34 milhas por hora (55 km/h).

Pioner 17, ecologicamente correta:

Lançado na São Paulo Boat Show 2010, o Pioner 17, do estaleiro paulistano Smart Pier, é todo feito em polietileno, material pouco usual na fabricação desse tipo de barco, mas bastante resistente a impacto, variações de temperatura e raios ultravioletas. Isso torna o modelo ideal para a prática de esportes radicais em água salgada ou doce, como esqui aquático e rafting.

A potência indicada para o motor varia entre 40 e 90hp. Com um motor de potência máxima, o Pioner 17 sai por 47.000 reais. Apesar do preço, o Pioner 17 não é tão compacto assim: o comprimento é de 17 pés (5,20 metros) por 2,20 metros de largura, peso de 420 quilos e capacidade para oito pessoas.

Além de ser feito com materiais recicláveis – até o couro dos bancos é ecológico – outro ponto alto desse modelo é a economia. O consumo de combustível é relativamente baixo e os custos de manutenção saem em conta, devido à resistência do polietileno.

Focker 190 e Focker 200, preço intermediário:

Esses outros dois modelos da Fibrafort se encontram numa faixa mais mediana de preço. A Focker 190 é a mais popular entre as lanchas mais baratas do estaleiro catarinense, e já vendeu mais de 2000 unidades desde que foi lançada em 2003. Ela custa 53.000 reais com motor de 90hp, tem 18,7 pés (5,7 metros) por 2,20 metros de largura, 560 quilos e capacidade para sete pessoas. Entre os itens de série, acabamentos em inox, bancos reguláveis, mesa de centro, triângulo de esqui, chuveiro e pia. O modelo imediatamente superior, com mais itens de série e um pouco maior é a Focker 200, que custa 68.000 reais com um motor de 115hp. As dimensões são 21 pés de comprimento (6,4 metros) por 2,32 metros de largura e uma capacidade para oito pessoas.

Coral 21 L, maior e mais espaçosa:

Uma evolução da Coral 16, a Coral 21 L tem mais espaço, mais acessórios – e mais altivez. O modelo de 21 pés (6,40 metros) por 2,40 metros tem capacidade para oito pessoas e vem com dois divãs, toldo, sistema de som, mesa de centro e geleira com revestimento térmico. O preço pode variar de 60.000 a 65.000 reais, com motor de potência entre 90 e 150hp.

Linha 230 da Phoenix/Flypper, designs para todos os gostos:

O estaleiro Phoenix (Flypper) levou para o São Paulo Boat Show quatro modelos de lanchas a preços acessíveis. Três deles são da linha 230, de 23 pés (7 metros) de comprimento por 2,60 metros de largura e capacidade para 10 passageiros. Os preços variam em função do acabamento e dos acessórios. A versão básica (Plus), com bastante espaço na popa, chuveiro, mesa central, estofado e carreta, entre outros itens de série, custa 61.800 reais, com o motor recomendado de 150hp. Como esse modelo tem design mais arrojado e colorido, existe a versão Classic, para quem deseja um visual mais sóbrio, com valor cerca de 1000 reais mais caro. Já a versão mais luxuosa, a 235 Platinum, traz acabamentos em inox, vidro temperado e madeira, além de ser mais segura para águas mais agitadas. O preço é só um pouco mais alto, 65.800 reais. A Platinum também conta com uma versão mais compacta de 19,5 pés (6 metros) por 2,20 metros. É a 195 Platinum, que sai a 45.800 reais com o motor recomendado de 90hp.

Jet Boats Colunna, para esportes radicais:

Os Jet Boats do estaleiro paulista Colunna podem ser considerados Jet Skis em forma de lanchas. O motor hidrojato tem potência indicada de nada menos que 250hp, o que permite que esses esportivos atinjam velocidades de até 55 milhas por hora, cerca de 90 quilômetros por hora. A diferença é que, por ser uma lancha, é possível levar bem mais gente. O modelo XR2-S tem 17 pés (5,18 metros) e comporta até cinco pessoas; já o Expert 3 tem 19 pés (5,79 metros) e leva até sete passageiros. Mas essa combinação de velocidade com conforto tem um preço mais alto, na faixa dos 80.000 reais. Esse tipo de embarcação é ideal para a prática de esportes radicais, como esqui, slalom e paraseal, aquele que utiliza um paraquedas preso ao barco.

Focker 215 e 215i e 240, modelos mais luxuosos:

As mais caras entre as mais baratas lanchas da Fibrafort já têm um ar mais luxuoso. Todas têm capacidade para até sete pessoas e possuem cabine, acabamentos em inox, bancos reclináveis e ajustáveis, mesa de centro, pia e chuveiro a bordo, além de um painel elétrico que comporta a instalação de aparelhos como som, micro-ondas e televisão. A Focker 215 é o menor modelo, com 21 pés (6,39 metros), e custa 86.000 reais com um motor de potência indicada de 130hp.

Quer mais modelos? Fiquem ligados na nossa página que postaremos mais sobre lanchas que estão ao seu alcance e todos os acessórios da melhor qualidade que somente a AQUA SPACE oferece! 😊

Fonte do texto: Revista Exame

Leave a Response